sábado, 9 de dezembro de 2006

Histórias da Minha Tropa - 6



Continuando pela IB do 92º CC, houve algo que nunca poderemos esquecer. O espirito Comando acompanhou-os como uma transe, aquele Regimento era um santuário, os instruendos veneravam o espaço, o chão, o ar, tinham orgulho de ali estar. No dia 30 de Agosto de 1989, vestimos pela 1ª vez a farda nº2 para ir para casa... orgulho do caraças, finalmente podiamos mostrar ao exterior embora instruendos que estavamos no regimento de comandos, depois de receber o passaporte de im de semana, fui(fomos) à caserna buscar os sacos para ir para casa, em cima da cama estava uma folha...(o tiro tinha corrido mal para alguns)... 5 minutos para vestir farda de combate, a saída ficou adiada por algumas horas, aprendi que a minha nova namorada era a G3 pois a ela devia ou não ir para casa a tempo e horas...Fora o esforço fisico(que se lixe) ficou a questão psicologica, vamos para casa ou não? E ver os outros partirem mais cedo, custou muito, mas enfim lá pelas 21H00 saímos com consciência do dever cumprido, cansados, mas com um sorriso no rosto.. isto vai ser lindo vai...

2 comentários:

rpgomes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MRelvas disse...

Oh nosso Alferes...onde está o texto que me ficou de enviar???

SIGA!

Um abraço continua

MAMA SUMÉ!